sábado, 29 de outubro de 2011

Procurando Outros Caminhos

Sempre achei que nossa vida tinha que vir com um roteiro. 
Um roteiro em que já estaríamos cientes de tudo o que iríamos viver.
Parece que seria assim, quando observamos de onde viemos,
um destino predeterminado por todas as condições que herdamos de nossos antepassados.

Mas queremos mais que isto, nunca seguimos as normas, 
E  questionamos o que nos foi passado e resolvermos reescrever nossa história.
E repensamos os valores, as crenças e não concordamos com nada.
Queremos uma história diferente, com final feliz.


Esquecemos que vida só tem um final, que nunca é feliz.
Dependendo do ponto de vista de quem a vive.
E é neste intervalo que entra o nosso roteiro.
Aquele que resolvemos reescrever para nós.
Com novas atitudes, com um novo olhar sobre o mundo.
Não aquelas idéias que nos impuseram
Estas riscamos,  ficaram desatualizadas.
O mundo gira muito rápido, não há  mais muito tempo.
Percebemos isto em tudo e a todo momento.
Temos que levar  daqui o máximo que pudermos em conhecimento e vivência.
O tempo não espera, não podemos ficar parados e aceitar idéias impostas,
Por pessoas de outros tempos e outras épocas.
Só temos que ter referência e adaptarmos tudo a nossa vida atual.
Ainda há tempo, valores antigos não são mais usados.
Embora muitas pessoas  se enganem achando que sim.
E neste novo mundo, com idéias e visões novas de tudo,
Vamos viver, mesmo sabendo que não é fácil.
Rompemos com o passado, pensamos diferente.
E isto nunca é bem aceito, mesmo na sociedade de hoje.
Porque questionamos, porque duvidamos, 
Mas apenas procuramos conhecer um pouco mais de nós,
Do planeta, da Vida....

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Lágrimas e Chuvas....

Lágrimas são como chuvas que o céu derrama.
Por nós, por tudo que há por baixo de suas águas.
Águas que lavam, purificam, assusta, mas liberta.


Como escorrem pelo nossos olhos, 
Lágrimas às vezes não nos deixam ver,
Que ainda há razões para sermos felizes,
São teimosas, neste momento só vemos tristezas.

Há quem derrame lágrimas de alegria, 
Menos comum, mas geralmente são de dor mesmo.
E seu efeito é devastador em nosso emocional.
Fica uma sensação de vazio....de solidão.

E como a chuva que cai, 
Acho que as lágrimas vêm para nos mostrar,
Que águas são sempre bem vindas, 
Porque como fazem no solo, tornando-os fértil,
Mostram a nós, que estaremos mais fortes,
Restaurados e renovados...
Depois das lágrimas, depois das chuvas....

sábado, 15 de outubro de 2011

Pessoas

Pessoas são interessantes.
Algumas conseguem nos fazer melhor
São anjos...
Outras despertam em nós o nosso pior
São demônios...
Sempre queremos ser bons, corretos
Mas tudo depende do meio em que vivemos
Embora  às vezes imagino que em todos os lugares
Em tudo que frequentamos, encontraremos...
Os anjos e os demônios.

Bom seria sermos todos iguais,
Ou pelo menos, não houvesse tantas diferenças
Que nos distanciam, afastam.

E quem terá culpa se é do ser humano
Ter idéias, pensamentos próprios
E quem poderá julgar isso?

Temos que aceitar, os anjos e demônios 
Pois para alguns somos vistos de uma ou outra forma
Ninguém está livre destes julgamentos
É da nossa natureza humana sermos assim.

E sempre existirá infelizmente estas pessoas
Que nos fazem ser anjos
Ou demônios.