sábado, 30 de outubro de 2010

JANELAS

Cada um de nós vê as coisas, o universo, as pessoas e a vida por sua janela.
Janela é a síntese da nossa personalidade, extensão dos nossos olhos, cérebro e coração.
Janela é a soma: Do que penso e sinto. Do que sou, fui e serei.
Porque o amanhã já se antecipa invadindo o meu hoje,
Assim como dia de ontem continua agindo no meu instante atual.
Somos o que fomos e o que seremos.

No multiforme edifício existencial existem janelas alegres e tristes,
Janelas abertas e janelas fechadas, janelas humildes e janelas orgulhosas,
Janelas tímidas e janelas extrovertidas, janelas emperradas que rangem,
E janelas que cantam e atraem, porque essencialmente acolhedoras. musicais.

Há janelas realistas e janelas sonhadoras. Janelas indiscretas e janelas educadas, respeitosas.
Janelas estreitas de visual e janelas amplas, imensas como a vastidão do oceano.
Triste a janela fiscalizadora que vive policiando colegas e familiares.
É uma janela que irrita, afasta e aborrece.
Simpáticas todas as janelas arejadas, que acenam convites , sorrisos:
"Venha que a casa é sua".

Somos todos diferentes e cada pessoa tem seu universo particular.
Por isso mesmo, as janelas-vida são inumeráveis como as areias do mar....
                                      (Desconheço o Autor)

domingo, 17 de outubro de 2010

VOCÊ PODE

Você pode curtir ser quem você é, do jeito que você for, ou viver infeliz por não ser quem você gostaria.
Você pode olhar com ternura e respeito para si próprio e para as outras pessoas ou com aquele olhar de censura, que poda, pune, fere e mata, sem nenhuma consideração para os desejos, limites e dificulades de cada um, inclusive os seus.
Você pode amar e deixar-se amar de maneira incondicional, ou ficar se lamentando pela falta de gente a sua volta.
Você pode ouvir o seu coração e viver apaixonadamente ou agir de acordo com o figurino da cabeça, tentando analisar e explicar a vida antes de vivê-la.
Você pode deixar como está para ver como é que fica ou com paciência e trabalho conseguir realizar as mudanças necessárias na sua vida e no mundo a sua volta.
Você pode deixar que o medo de perder paralise seus planos ou partir para a ação com o pouco que tem e muita vontade de ganhar.
Você pode amaldiçoar sua sorte ou encarar a situação como uma grande oportunidade de crescimento que a Vida lhe oferece.
Você pode mentir para si mesmo, achando desculpas e culpados para todas as suas insatisfações  ou encarar a verdade de que, no fim das contas, sempre você é quem decide o tipo de vida que quer levar.
Você pode escolher o seu destino e, através de ações concretas caminhar firme em direção a ele, com marchas e contramarchas, avanços e retrocessos, ou continuar acreditando que ele já estava escrito nas estrelas e nada mais lhe resta a fazer senão sofrer.
Você pode viver o presente que a Vida lhe dá ou ficar preso a um passado que já acabou - e portanto nada mais a fazer - , ou um futuro que ainda não veio - e que portanto não lhe permite fazer nada.
Você pode ficar numa boa, desfrutando ao máximo das coisas que você é e possui ou se acabar de tanta ansiedade e desgosto por não ser ou não possuir tudo o que você gostaria.
Você pode engajar-se no mundo, melhorando a si próprio e, por consequência, melhorando tudo que está à sua volta ou esperar que o mundo melhore para que então você possa melhorar.
Você pode continuar escravo da preguiça ou comprometer-se com você mesmo a tomar atitudes necessárias para concretizar o se plano de Vida.
Você pode aprender o que ainda não sabe ou fingir que já sabe tudo e não precisa aprender mais nada.
Você pode ser feliz com a vida como ela é ou passar todo seu tempo se lamentando pelo que ela não é.
A escolha é sua e o importante é que você tem escolha.
Pondere bastante ao se decidir, pois é você que vai carregar - sozinho e sempre - o peso das escolhas que fez...
Que você possa fazer, hoje e em todos os outros dias da sua vida, a escolha correta!!!
                  (Autor Desconhecido)

IDEAIS

"Eu que me aguente comigo e com os comigos de mim...
Há sem dúvidas quem ame o infinito, há sem dúvidas,
Quem não queira nada.

Há três tipos de idealistas, e eu, nenhum deles.
Porque amo infinitamente o finito,
Porque desejo impossívelmente o possível,
Porque quero tudo, ou um pouco mais, se puder ser,
Ou até se não puder ser....
                 (Fernando Pessoa)

sábado, 16 de outubro de 2010

A Felicidade é um estado de espírito;
por consequência não pode ser duradoura.
É um nome abstrato composto de algumas idéias de prazer.
                                (Voltaire)

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

OPORTUNIDADES

"Já ancorado na Antártica, ouvi ruidos que pareciam frituras,
Pensei: será que até aqui existem chineses fritando pastéis?
Eram cristais de água doce congelada que faziam aquele som,
Quando estavam em contato com a água salgada.
O efeito visual era belíssimo, pensei em fotografar,
Mas falei para mim mesmo:
Calma, você terá tempo para isso...
Nos 367 dias que se seguiram, o fenômeno não se repetiu."

MORAL DA HISTÒRIA: " As oportunidades são únicas"

                                  (Almir Klink)

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

TRÊS MESES....

Para onde você foi? De repente você não está mais perto de nós...
Para onde você foi? De repente não o vemos mais....
Para onde você foi? De repente sem nos preparar você partiu...

Partiu para um lugar de onde não se volta mais,
Ficará para sempre na lembrança, no espaço que ocupava,
Em nossas vidas, no nosso coração...

Você era aquela pessoa, presente mesmo longe,
E ficamos vazios, este espaço nunca mais será ocupado
Por que a gente sente tanta dor....e lembra com tanto amor..

Virou uma estrela? Vou ficar olhando para o céu para ver se acho você,
Lá, iluminando-nos como fazia em vida, sempre uma palavra, sempre a vontade de ajudar, de iluminar tudo ao seu redor.
Acho que era você a própria luz, porque assim o víamos..
Um ser brilhante, tão grande e amoroso era seu coração..

Saudade? É muito pouco para o que sentimos agora.
Não tem nome....não tem explicação,
Quem te conheceu estará eternamente orfão da sua luz.
Esteja onde estiver, se puder nos ver, nos ouvir, saiba:
Você era muito amado, tão amado que não conseguia-mos dizer, com medo que esse momento um dia acabasse e a gente queria apenas sentir e te dar amor para todo o sempre.
Só queriamos te abraçar bem forte quando o víamos, e torcer para que você estivesse sempre assim, pertinho, com seu calor a nos acolher e sentir este amor que você sabia demonstrar como ninguém.

Amo todos que partiram antes que você.
Mas porque a dor que sinto por você é mais forte do que a que senti pelos outros?
Me explica, não consigo entender.....porque continuo a te amar tanto..
Como se você estivesse ainda me embalando nos teus braços.
Afagando, confortando.....me explica!

domingo, 10 de outubro de 2010

POSSE

Quem tentar possuir uma flor,
verá sua beleza murchando.

Mas quem apenas olhar uma flor num campo,
permanecerá para sempre com ela.

Você nunca será minha e por isso terei você para sempre.
                                          (Paulo Coelho)

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

GRANDES SIGNIFICADOS


*Solidão é uma ilha com saudade de barco.
*Saudade é quando o momento tenta fugir da lembrança para acontecer de novo e não consegue.
*Lembrança é quando mesmo sem autorização, seu pensamento reapresenta um capítulo.
*Pouco é menos que a metade.
*Muito é quando os dedos da mão não são suficientes.
*Angústia é um nó muito apertado bem no meio do sossego.
*Preocupação é uma cola que não deixa o que ainda não aconteceu sair do seu pensamento.
*Certeza é quando a idéia  cansa de procurar e pára.
*Intuição é quando seu coração dá um pulinho no futuro e volta rápido.
*Sucesso é quando você faz o que sempre fez, só que todo mundo percebe.
*Vergonha é um pano preto que você quer para se abrir naquela hora.
*Ansiedade é quando sempre faltam 5 minutos para o que quer que seja.
*Sentimento é a língua que o coração usa quando precisa mandar algum recado.
*Raiva é quando o cachorro que mora em você mostra os dentes.
*Tristeza é uma gigante que aperta seu coração.
*Felicidade é um agora que não tem pressa nenhuma.
*Desilusão é quando anoitece em você contra a vontade do dia.
*Desculpa é uma frase que pretende ser um beijo.
*Razão é quando o cuidado aproveita que a emoção está dormindo e assume o comando.
*Ainda é quando a vontade está no meio do caminho.
*Paixão é quando, apesar da palavra "perigo", o desejo chega e entra.
*Amor é quando a paixão não tem outro compromisso marcado. Não. Amor é um exagero...Também não. É um "desaforo"....Uma batelada? Um exame, um delúvio. um mundaréu, uma insanidade, um destempero, um despropósito, um descontrole, uma necessidade, um desapego? Talvez porque não tivesse sentido, talvez porque não houvesse explicação, esse negócio de amor não sei explicar não.  (A. D.)

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

QUEM SOU EU?

Eu tenho um corpo, mas eu não sou meu corpo
Eu posso ver e sentir meu corpo
E o que pode ser visto e sentido não é o verdadeiro Vidente.

Meu corpo pode estar cansado ou excitado
Doente ou saudável, pesado ou leve
Mas isso não tem nada a ver com meu Eu interior
Eu tenho um corpo, mas eu não sou meu corpo.


Eu tenho desejos, mas eu não sou meus desejos
Eu posso conhecer meus desejos
E o que pode ser conhecido não é o verdadeiro Conhecedor.

Desejos vêm e vão, flutuando através da minha percepção
Mas elas não afetam meu Eu interior
Eu tenho desejos, mas eu não sou meus desejos.
Eu tenho emoções, mas não sou minhas emoções
Eu posso sentir minhas emoções
E o que pode ser sentido não é o verdadeiro Senciente.

As emoções passam através de mim
Mas elas não afetam meu Eu interior
Eu tenho emoções, mas não sou minhas emoções.

Eu tenho pensamentos, mas eu não sou meus pensamentos, eu posso conhecer e intuir meus pensamentos
E o que pode ser conhecido, não é o verdadeiro Conhecedor.

Pensamentos vem a mim e pensamentos me deixam
Mas eles não afetam meu Eu interior
Eu tenho pensamentos, mas eu não sou meus pensamentos.

EU SOU O QUE PERMANECE, UM CENTRO DE PERCEPÇÃO,
UMA TESTEMUNHA IMPASSÍVEL DE TODOS ESSES
"PENSAMENTOS, EMOÇÕES, SENTIMENTOS E DESEJOS"
                               (Ramana Maharshi)




domingo, 3 de outubro de 2010

VIAGEM POR SARAMAGO

O fim de uma viagem é apenas o começo de outra.
É preciso ver o que não foi visto,
ver outra vez o que se viu,
ver na primavera o que se virá no verão,
ver de dia o que não se viu de noite,
com sol onde primeiramente a chuva caía,
ver a seara verde, o fruto maduro,
a pedra que mudou de lugar,
a sombra que aqui não estava.

É preciso voltar aos passos que foram dados,
para os repetir, e traçar caminhos novos,
ao lado deles.
É preciso recomeçar a viagem. Sempre.

sábado, 2 de outubro de 2010

VIDA

A vida é como jogar uma bola na parede
Se for jogada uma bola azul, ela voltará azul
Se for jogada uma bola verde, ela voltará verde
Se a bola for jogada fraca, ela voltará fraca
Se a bola for jogada com força,
Ela voltará com força.

Por isso, nunca  "jogue uma bola na vida",
de forma que você não esteja pronto a recebê-la.

A vida não dá nem empresta;
Não se comove nem se apieda;
Tudo quanto ela faz é retribuir
e transferir aquilo que nós lhe oferecemos.
                             (Albert Eisnten)

SAUDADE

Saudade é solidão acompanhada
é quando o amor ainda não foi embora
mas o amado já.....

Saudade é amar um passado que ainda não passou
é recusar um presente que nos machuca
é não ver o futuro que nos convida....

Saudade é sentir que existe o que não existe mais

Saudade é o inferno dos que perderam
é a dor dos que ficaram para trás
é o gosto da morte na boca dos que continuam...

Só uma pessoa no mundo deseja sentir saudade,
aquele que nunca amou.

É esse o maior dos sofrimentos
não ter por quem sentir saudades,
passar pela vida e não viver.
O maior dos sofrimentos é nunca ter sofrido.
                       (Pablo Neruda)