sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Ano Novo

Que todos os meus amigos e seguidores do Blog, tenham um ano realmente novo, embora nenhum seja igual, pois há sempre fatos  e datas que marcam, situações que o diferenciam de qualquer outro.

Nossa evolução continua, experiências novas acontecem a todo instante. E ao mudar o nosso calendário gregoriano olharemos com esperança que em algum dia dele aconteça algo que esperamos e desejamos.

Que sejam coisas boas, o melhor que este universo infinito possa nos proporcionar. Que os Deuses e as Deusas, que nossa visão não consegue enxergar, só nossa mente consegue imaginar, estejam ao nosso lado nos dando força e proteção.

Que cada um cumpra o propósito maior de estarmos neste planeta. Ser Feliz e fazer os outros felizes, se não for possível, pelo menos tentar não atrapalhar a caminhada do seu semelhante. Porque cada um sabe sua dor e necessidade. Cada um é um mundo, uma alma procurando somente a Paz. E que ela esteja conosco em todos os momentos de cada dia do ano que se inicia. 
A todos nós: Paz e Luz!

Ela sustenta muitas pessoas.
Muitos não conseguiriam dar um passo sem ela.
ela move, leva para a frente, eleva.

É o que faz muitas pessoas viverem,
Sobreviverem.
Quem há de querer julgar?
É muleta para pessoas que não sabem caminhar sozinhas.
Por caminhos sinuosos, incertos e perigosos.
Porque viver é correr riscos.
E como viver sem a fé para dar forças, para prosseguir?

Viver sem ela é como andar sempre sozinho.
Sem cercas ao lado, sem muros, sem lugar para segurar...
E quando vem a tempestade, você se aninha em si mesmo.
E sente-se tão desprotegido, como se não fosse suportar.

Mas muitos conseguem, passado os primeiros sustos.
Olham ao redor e sentem que são capazes realmente,
De superar, pular os obstáculos, olhar  o mundo e desafiá-lo
A seco, sem apoio, sem muletas.
Lutar e caminhar, só, literalmente só.

Estímulos

Sempre nesta época ele vem.
Bate com força na nossa vontade.
Vontade de mudar, melhorar, progredir, encontrar....

Sempre nesta época ele pressiona.
Porque temos que ser diferentes, como se fosse obrigatório,
Mas não é....a vida continua igual, somos os mesmos, não mudamos.

Na verdade nascemos prontos, caráter definido.
Tudo bem, às vezes o meio têm influência nisto.
Mas, vontades e atitudes fazem parte de nós.
Mais fortes em alguns, ou mais fracos em outros.

Eu nunca me acho igual.
Parece que mudo todo dia.
Todo dia aprendo alguma coisa.
E nesta aprendizagem ,
Acabado mudando idéias, planos...
Mas sei que no fundo, nunca deixarei de ser a mesma pessoa..

Queria mesmo fazer tudo diferente,
Mudanças são sempre bem vindas.
Só que não depende só de querermos
Entra aí nosso caráter, nossa vontade, atitudes.
E nunca sabemos como vamos estar, 
Na hora certa de fazer acontecer.

sábado, 3 de dezembro de 2011

Libertação


Tempo de libertar tudo que ficou guardado.
Preso em algum lugar de nossa mente ou do nosso coração.
Coisas boas, coisas incômodas ou indiferentes.

Mas que precisa seguir seu caminho,

Em busca de outra estação.


Guardamos muitas coisas, prendemos outras.
O que guardamos nem sempre usamos,
Mas o que prendemos é porque amamos.


E amamos tanto, que não queremos soltar
Queremos sempre ali, ao nosso lado, a nossa vista,
Só que não pode ser assim
Amar é deixar livre, amar é deixar ir.
Mesmo que seja muito longe de nós.

O que guardamos, achando que talvez vamos precisar,
Podem ser pessoas, podem ser coisas, juntamos tudo.
Porque o medo da solidão e da carência vive em nós.

Talvez por algum trauma vivido.
Talvez por uma rejeição enfrentada.
Talvez por alguma  insegurança.
Uma fase difícil de ser superada.

Vamos libertar,
Libertação reflete em nós como luz
Que vai mostrando o essencial que restou
Um espaço, um tempo ou uma saudade,
Um sonho, uma realidade ou uma ilusão.