segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Queria ser Fada

Acordo e penso no que irei fazer hoje
O tédio toma conta, rotina de sempre
Queria fazer minha mala
E nela guardar minhas dores,sonhos e desejos
Ir embora, mudar a paisagem
Mudar a rotina, mudar minha vida...

Há tantas belezas , eu sei, posso achá-la onde estou
Só que não encontro, preciso ir além, ir longe,
Longe de tudo que me amarra, me sufoca, deprime.

Não sei em que momento perdi as rédeas da minha direção
Procurei onde deixei minha motivação, meus objetivos, não achei
Perdi em algum canto escondido da minha visão
E agora acho que só posso encontrar, se sumir daqui
Esquecer onde deixei minha vontade de lutar.

Queria ser um pássaro para poder voar, minha mala não é tão pesada,
Não há mais muitos sonhos e desejos, só as dores pesam um pouco.
Ir para um lugar, onde só exista leveza, luz e fadas...
E ser uma delas, cuidar do jardim do universo, suas criaturas inocentes
Que só existem para fazer do mundo um lugar mais iluminado.

E lá viver, sem dores, sonhos, desejos....