quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Opiniões

O que somos e no que estamos nos transformando...
Chego a pensar que o amor morreu
Que a compreensão se perdeu
Em rumos diversos impossível de achar.


Estou tentando me acostumar
Com esta dureza e falta de sutileza dos semelhantes
Hoje não se poupa ninguém
A sinceridade e liberdade viraram sinônimos de intolerância.


Podemos falar o que pensamos e temos que estar preparados
Porque nossas ideias nem sempre são aceitas.
E vemos às vezes certas opiniões tão contrárias... 
E lembramos que todos tem o direito de se expressar
Que pena ...nossa raça nunca age igualmente
Não nos olharmos  com compreensão e igualdade
Nem  com a mesma sabedoria e afetividade das corujas.