sábado, 11 de agosto de 2012

Quero o poder de ver as coisas tal qual são
Quero poder viver sem culpas
Quero andar sem medo
Quero ser feliz...

E como saber o que é ser feliz
Sei que são momentos
Mas geralmente damos pouca importância quando os estamos vivendo...

Quero fluir, quero voar
Além de planícies e paisagens inesquecíveis


Quero amar e ser amada
Um mundo justo onde o amor seja lei.


E entre tantos quereres,
Quero que tudo continue igual
E que seja este o momento
Que uma vez eu quis viver
Em que eu quis estar....

Nenhum comentário: