domingo, 13 de março de 2011

Olha ela de novo!

De repente, ela se mostra.
Tudo fica pequeno e vulnerável ante a sua força.
Coisas são apenas coisas,
e gente é apenas gente.
Mas a natureza é tudo.
Quem sabe devolvendo parte da destruição,
que a ela fizemos na nossa ingenuidade e ambição
Quem sabe para mostrar que ante ela não somos nada
apenas mero expectadores de sua existência.
Quem a pode entender?
Quem a pode decifrar?
Somos impotentes diante de seu poder
Poder que nunca saberemos até onde vai chegar
Que pode em minutos, com tudo acabar...

2 comentários:

Ellvis disse...

Nossa realmente, nunca sabemos o que pode acontecer, o homem não é nada perto da força da natureza .-.
Traduzindo, vamos fazer as coisas enquanto há tempo, porque depois pode ser tarde rs

Adriana disse...

Disse tudo, a natureza é tudo. e a gente querendo sempre dominá-la. Será que um dia vamos aprender? aprender a dar o espaço devido à nossa queria Mãe terra, pra ela respirar e espreguiçar-se a vontade. Vamos ocupando os espaços que são dela, não deixamos um unico pedacinho de terra em nossos quintais para que possam drenar um pouco de chuva, enchemos de lixo as ruas, e nem nos preocupamos com a reciclagem, ocupamos lugares onde a boa mãe nos avisa que deveriam ser apenas da natureza... enfim... choramos muito por aqueles que morreram nessa tragédia... mas será que aprendemos a lição? vamos continuar desrespeito os avisos da Mãe Terra?