sábado, 26 de maio de 2012

Interessante como aceitamos o destino 
Nem questionamos,  vivemos
O que nos foi dado, o que ganhamos....


O que há lá atrás onde nossa vida não alcança?
O que há por trás das neblinas e das colinas
E dos mistérios da vida....


Sentimos os perfumes das flores
Mas não sabemos como foi concebido...
E amamos as flores e imaginamos,
E se não existissem?


Nossos sentidos são capazes de mil sensações
Às vezes não o controlamos
E nos frustramos....

Qual será então nossa finalidade e nosso poder?




Nenhum comentário: