domingo, 17 de abril de 2011

Lágrimas Teimosas

Não, não caia
Eu não pedi que você aparecesse, mas você é insistente
Eu não posso ficar dando explicações sobre você
Eu não devo, não posso
Mas você aparece, insiste e fica

As coisas acontecem 
E como não temos controle sobre tudo
Certas situações nos fazem sofrer
Sentir dor

E nestes momentos você se aproveita
E se mostra
Corajosamente, orgulhosamente
Como querendo dizer que existe
Dentro de uma caixa que carregamos
E que nunca gostamos de mostrar

Você não pode fazer assim
Nesta caixa há dores, ressentimentos e não só alegrias
Há mais tristezas
Que se manifestam desta forma
 E na maioria das vezes em que é afetada

Não! Pare de cair, lágrima
Você me coloca numa situação difícil
Porque serei obrigada a admitir
Que algo não anda bem
Que a tristeza tomou conta do meu ser
e que não posso mais esconder

Vai embora, me deixa
Preciso aprender a ser forte
Embora lágrimas lavem meus olhos
O sentimento que te provoca
Faz mal, machuca, dói

Eu não posso mais viver assim
Com estas dores que parecem
 Não ter mais fim
Não ter explicações
Só dor, só lágrimas

3 comentários:

Adriana disse...

As lagrimas aliviam o coração,
Lagrimas são salgadas pois são parte da nossa imensidão,
quando vem a tempestade não ha como as segurar..
São feitas para serem vistas pois senão para que mais existiriam?
Avisam aqueles que nos amam que precisamos de seu amor
E o coração de amigo fica apertado, sem saber o que fazer,
pois a lagrima preciosa que se perde solitária,
tira-lhe a alegria, o faz sofrer...

Cida Vieira disse...

Que bonito Dri, só você amiga, pegou certinho no ar o que quiz dizer, por isso te gosto tanto, beijos

Ellvis disse...

Profundo e verdadeiro, lágrimas reflexo do nosso ser, de nossos sentimentos.