terça-feira, 22 de junho de 2010

QUEM SOU EU

Não me fale de nuvens,
Eu sou Sol e Lua,
Não conte as poças,
Eu sou Mar,
Profundo, intenso, passional.
Não exija prazos e datas.
Eu sou eternidade e atemporal.
Não imponha condições.
Eu sou absolutamente incondicional.
Não espere explicações.
Não as tenho, apenas aconteço
Sem hora , local ou ordem.
Vivo em cada molécula.
Sou um todo e às vezes nada sou.
Você não me vê,
Mas me sente.
Estou tanto na sua solidão,
Quanto no seu sorriso.
Vive-se por mim,
Morre-se por mim.
Sobrevive-se sem mim.
Eu sou começo e fim,
E todo o meio.
Sou música,
Sou vento,
Sou tempo,
Sou furacão,
Sou água,
Sou clima,
Sou cada estação.
No seu apogeu e glória.
Sou seu problema e sua solução.
Sou seu veneno e seu antídoto.
Sou sua memória e seu esquecimento.
Poderia continuar me descrevendo.
Mas já te dei uma idéia de quem sou...
Muito prazer, tenho vários nomes,
Mas aqui na tua terra, chamam-me de:
-AMOR.

                       (Noemia Hime)

Nenhum comentário: