quinta-feira, 24 de junho de 2010

RISCOS...

Quanto tempo perdi com medo de correr riscos...
E não correr riscos é se privar de tantas coisas...
O que faz, autoritarismo, religião, obediências tolas;
Medo de pecado, de castigo e a vida passa,
E a gente se preservando, se privando...
Para que?...se tudo é o mesmo fim...
Se tudo acaba um dia, e como dizia Pessoa:
"A morte é a curva da estrada,
Morrer é só não ser visto"
Simples assim, e nós com preocupações bobas, infantis até...
 Com medo de viver...de ser...
Ah, se me tivesse sido dado o direito desde criança de questionar
De duvidar, talvez tivesse vivido mais, feito mais,
Teria talvez sido mais feliz!

Nenhum comentário: