segunda-feira, 7 de junho de 2010

UM ANJO DE QUATRO PATAS E DUAS ASAS

Todo dia estava na esquina, na rua, era amiga do dono do Bar, do Dono do Disk Gás e água, de todos daquele lugar.
Cuidavam dela, mas banho estas coisas de conforto ela não tinha. Mas era fiel e amorosa com todos, toda elegante apesar das circunstâncias. Um dia Lucia a viu, tomou de amores por aquele ser sozinho , abandonado e carente. Pensou, pensou e fez o que devia, levou-a para casa. No primeiro banho no Pet Shop, lá vem ela linda, toda de xuquinha, feliz, amada, vacinada, tratada como uma poodle merece. Que nome Lucia daria a ela, apesar do porte elegante,mas que parecia triste, claro, foi abandonada, teve um outro dono que a largou para morrer na rua, já tinha certa idade devia ser por isso que foi abandonada.Nunca ficou-se sabendo ao certo sua idade, dificil definir. Então, vamos batizá-la. Por que não um nome de alguém que parecia a máscara da alegria. Miucha, foi o escolhido. Miucha a cantora, irmã de Chico Buarque, sempre sorridente. Viveu um pouco  mais de um ano entre a gente. Ficou doentinha, sempre ficava....mas desta vez era mais grave. Dia 06 de Junho de 2010, não acordou, dormiu e ficou lá no mundo dos sonhos. Com que será que ela sonhava? Ninguem  nunca vai saber. Vai deixar um vazio, como todos os seres que um dia compartilham com a gente momentos bons ou não. Tem uma estrelinha a mais no céu dos cachorrinhos. É Miucha, que foi para lá, fazer as peripécias que só ela sabia, ficar em pé por muito tempo, quase dançava. Sera que fazia parte de algum circo?. Nunca saberemos , ninguem sabia de onde ela veio, mas como veio foi, sem incomodar, sem querer tomar espaços , simplesmente ficar .... Adeus Miucha, um cometinha preto todo encrespadinho que voou dentro do nosso coração. E lá vai ficar...Para Sempre....

Nenhum comentário: