segunda-feira, 14 de junho de 2010

TEM DIAS QUE A GENTE SE SENTE....

Sinto assim meio perdida, procurando algo que  não sei o que é. E também com vontade de permanecer em silêncio. Procurando sentido para a vida , para tudo. Esqueço até que isto é vida. O sentir, o procurar, isto é viver. Melâncolicamente mas é. A vida em si é mistério, é estranha. E esta roda viva que faz a gente sempre voltar  para o mesmo lugar também incomoda.
Procuro o céu, o chão. Procuro a mim mesma, meu espaço, no espaço que teria de ocupar no mundo. Não me encontro. Me perdi. Talvez amanhã me ache. Os dias rolam como pneus desgovernados. Nossa vida também roda, como nossas dúvidas a respeito de tudo, ou simplesmente: Indiferença. É, hoje mecanicamente cumpri minhas obrigações, como um robô.
Agora, vou continuar em silêncio, quem sabe ele me dê uma resposta.

Nenhum comentário: